Casa de “campo”

Posted on abr 17, 2014

Que o jogador Lionel Messi ama o que faz todo mundo já sabe, mas parece que o craque do Barcelona não quer ficar longe dos gramados nem em suas horas de descanso. Messi declarou que quer se mudar para uma casa inspirada em um campo de futebol. E, o arquiteto responsável pelo projeto é Luis de Garrido, que em uma entrevista para um programa de televisão, disse que o projeto se identifica com duas características marcantes do jogador: dualidade e perseverança. Além disso, a casa tem uma referência à camisa 10, usada por ele. O número pode ser visto de cima da casa.

É amor demais pelo trabalho, não é? Nós adoramos a ideia!

Picture 8

Picture 9

Picture 11

O número 10 visto de cima

Picture 10

Fonte: http://revista.zap.com.br

“Profissão: blogueira”

Posted on abr 16, 2014

Texto ótimo, retirado do blog Não Provoque, com várias verdades e dicas para quem quer trabalhar ou já trabalha com internet.

“Acho engraçado essa galera que em plena era digital resolve menosprezar quem trabalha com internet, seja com um portal, uma página no Facebook, um blog, um canal no Youtube ou um Instagram bombado. O que antes era uma brincadeira hoje se tornou profissão por sinal muito rentável, quer você queira ou não.

O dinheiro que antes era só dos outros meios de comunicação hoje está indo parar onde? Sim, na internet! As empresas estão investindo e vão investir cada vez mais em divulgação online. As plataformas e formatos podem mudar, mas o digital vai permanecer. O fato é que vai permanecer apenas quem é realmente bom no que faz. As marcas adoram as blogueiras, elas divulgam e dão retorno financeiro, então eles investem. Isso é publicidade. Até onde a publicidade é bem vinda nos blogs? Até onde você pode confiar na palavra de uma blogueira? Vai de você. Você confia na televisão? Na revista? Publicidade é sempre publicidade.

A internet tem espaço para todo mundo, aqui todo mundo pode. Exatamente por conta disso existe muito conteúdo ruim mas isso existe em qualquer área: profissionais bons, medianos e ruins. A diferença é que aqui você não é obrigado a nada e só visita o endereço que quiser. E se não quiser visitar nenhum não tem problema. Tem quem queira!

Falta profissionalismo? Concordo. Se é para transformar em profissão e ganhar dinheiro precisa investir, precisa ter responsabilidade com o leitor e prestar serviço, não desserviço. Todo esse universo que foi transformado em coisa séria ainda é muito novo e as pessoas estão errando para aprender. O deslumbramento não ajuda: tem gente achando que é só criar um blog e começar a ganhar dinheiro da noite para o dia sem se preocupar com o conteúdo que vai ser postado. Se você quer fazer disso um emprego é preciso primeiro investir em você, estudar, aprender, ter paciência. Entenda que investir em uma profissão tão nova pode ser perigoso se você não se garantir de outra maneira.

Muita gente me pergunta sobre como é ser blogueira mas “profissionalmente” eu não posso responder. Eu sou formada em Sistemas para Internet e tenho minha profissão além do blog. O Não Provoque é uma paixão/diversão que felizmente me rendeu uma monte de oportunidades incríveis, mas eu tenho blogs desde 2003. O que eu sou? Programadora por formação e blogueira por opção/coração, mas a maior parte da minha renda vem do meu trabalho como programadora e não pelo blog. Se os blogs acabarem eu continuo tendo uma profissão e isso me deixa mais segura para arriscar.

Se você tem vontade de trabalhar com blogs eu pergunto: você gosta mesmo disso ou só quer ganhar dinheiro? Entenda que não é errado querer ganhar dinheiro, mas se você não gostar realmente de ter um blog não vai ter paciência de esperar a coisa começar a render. Por isso minha dica é: invista em você, estude, trabalhe. Invista, mas mantenha o blog em paralelo com outros projetos para sentir como as coisas acontecem.

E se você é desses que acha graça, menospreza e critica o trabalho de quem trabalha com isso queria te dizer que enquanto isso tem um monte de gente aí arriscando, trabalhando, viajando, ganhando dinheiro.

E você, tá fazendo o que mesmo aí na frente do computador? ;)”

“Diretor de operações”

Posted on abr 14, 2014

Um anúncio de emprego foi colocado no ar. O cargo de “diretor de operações” na empresa Rehtom Inc. teria uma difícil série de requisitos a serem preenchidos. Entre eles: ficar em pé o tempo todo; trabalhar 135 horas por semana, sem férias e sem dormir; trabalhar nos principais feriados do ano e, de preferência, ter diploma em medicina, finanças e culinária. E, o pior: salário de $0,00! No total, 24 pessoas se interessaram pela vaga e fizeram entrevistas online. Veja o que aconteceu!

Projeto criado pela agência Mullen, Boston

Via: http://www.adweek.com

 

Permita-se

Posted on abr 11, 2014

Recebemos ontem, uma linda mensagem da Déia com um vídeo incrível! adoramos sua coragem e esperamos continuar inspirando mais muitas pessoas!

“Oi meninas, tudo bem? Seguinte, queria muito agradecer vocês que sem nem imaginar me ajudaram muito. Eu sou mais uma história como a de muitos que vivem em Sp frustrados com a vida lá. Depois que descobri o site de vocês e outros como o Continue Curioso passei a acompanhar freneticamente cada nova matéria e ficava sentada lá na minha mesa pensando: como eu posso mudar também? E mudei! Hoje fazem seis meses que mudei para Jericoacoara e vim de encontro a minha tão sonhada paz. Como eu digo, eu ainda não sei o que eu quero exatamente mas eu sei o que eu não quero. E meu coração me trouxe aqui. A cada dia descubro novos talentos e me inspiro muito mais. E simplesmente queria agradecer a todos que de alguma maneira fizeram parte disso.
Eu e um amigo fizemos um pequeno registro desse momento tão mágico que eu tô vivendo, e sem esperar o vídeo tem dado um retorno bem bacana. Apenas em dois dias ja recebi milhares de mensagens de agradecimento de pessoas que se indentificaram. E realmente isso não tem preço. Como eu já disse várias vezes, acho que estou só no começo, o caminho é longo, mas o mais importante foi ter dado o primeiro passo. Obrigada meninas! Que vocês continuem inspirando e espalhando essa energia tão boa e mostrando que é possível mudar e realizar cada sonho.
Gratidão! ”

Segue o vídeo que fizemos: 

Permita-se – Déia Martins from coletivo.tv on Vimeo.

 

Roubando como um artista

Posted on abr 10, 2014

 

O designer e escritor Austin Kleon do livro Roube como um artista, quer passar a mensagem de que Você não precisa ser um gênio. Basta ser você mesmo. E copiar alguém… O livro da 10 dicas de criatividade para todo mundo, independente de sua profissão. Assistimos seu Talk do Ted e achamos bem interessante seu conceito de que nada é original. Assista!

roube-como-um-artista

 

 

 

 

Curtindo o processo

Posted on abr 9, 2014

 

Achamos esse vídeo do Nathan Yoder, e achamos incrível a mensagem que é passada com ele. Sempre postamos frases inspiradoras ilustradas por ele. Seu trabalho é lindo e você pode acompanhar aqui: instagram.com/nathanyoder e aqui: yondrstudio.com/

Como o vídeo não tem legenda, fizemos uma tradução livre dele.

Acho que ninguém que anda de moto jamais perguntou “ainda não chegamos?” Todo mundo simplesmente ama andar.

Não tem um trabalho finalizado meu que eu não esteja tão feliz com ele agora quanto eu estava quando primeiro comecei o projeto.

Quanto mais eu caminho na minha carreira e quanto mais maturidade eu vou tendo, percebo que, realização não é alcançada quando você alcança um status ou quando você domina alguma habilidade, eu acho que é sabendo aproveitar onde você esta agora, curtindo o projeto que você esta trabalhando e não olhar muito pra frente na estrada de onde você quer chegar. 

No final da sua vida, você vai preferir olhar pra trás e dizer que, enquanto estava trabalhando pra conquistar seus sonhos e objetivos, você não estava muito feliz, estava arriscando tudo em uma coisa só e que esperava um sucesso repentino que te levaria ao topo? Ou você vai preferir olhar para trás esses anos e e dizer que você trabalhou muito, que passou por dificuldades e teve aqueles momentos que te levaram ao limite, mas que te ensinaram coisas e construíram a forte base na qual você trabalha agora? 

No final do dia e no final da minha vida, eu vou, pelo menos querer dizer que continuei fazendo o que eu estava fazendo, do que ficar em um mesmo lugar esperando que alguma coisa acontecesse.

Acho que devemos apenas, curtir o processo.

Aproveite!

Screen Shot 2014-04-09 at 11.56.35 AM Screen Shot 2014-04-09 at 11.58.17 AM Screen Shot 2014-04-09 at 11.58.38 AM Screen Shot 2014-04-09 at 12.00.01 PM Screen Shot 2014-04-09 at 12.01.16 PM

Leo Rapini e o #coachingcriativos

Posted on abr 8, 2014

 

Conhecemos o Leo quando ele veio a BH em 2013 trazendo seu workshop  #AGORAVAI do #coachingcriativos, que despertou muito interesse em nós, por abordar um tema que a gente gosta muito, de literalmente tirar projetos e sonhos da gaveta pra começar a iniciar uma nova carreira criativa ou descobrir um jeito de ganhar dinheiro com arte.

Screen Shot 2014-04-08 at 8.12.10 AM

 

Ele tem um blog e escreveu esse texto que nos fez pensar muito em uma resposta que talvez não tenhamos visto ou pensado antes.

Aproveite a (sua) crise

Aproveite, e muito, aquele momento quando você quer jogar tudo pro alto.

Quando a crise vêm, e “tudo” está “errado” e você quer jogar “tudo” para o “alto”, você é forçado a re-visitar a sua alma e descobrir aquilo que está verdadeiramente errado.

Este é o momento para você decidir apertar o botão PAUSE e reassumir o controle da sua vida.

Por isso a crise pode e é o seu melhor momento. É o seu momento de parar, reavaliar e reassumir o seu papel. Pior do que uma decisão errada, é uma não-decisão.

 

705013_490268094346285_1824422467_o 856353_532890606750700_290895219_o 1172764_611927278847032_1860299689_o
 
Algumas dicas do Leo :

Pare de querer aprender algo novo e comece a colocar em prática aquilo que você já sabe.

As vezes, fazer nada é a melhor coisa que você poderia estar fazendo com o seu tempo. Aproveite!

E se o seu LADO B for o seu LADO A?

Não procure uma forma/trabalho/carreira para definir quem você é, e sim uma forma/trabalho/carreira que melhor expresse quem você é hoje.

Dica #1 – Trabalhe de graça pra quem você gosta e cobre caro de quem gosta de você;

Dica #2: Quando o assunto é orçamento (dinheiro) e planejamento (tempo), sempre seja pessimista.

Dica #3: Se for descansar, descanse. Se for trabalhar, trabalhe.

Dica #4: Sempre cobre taxa de ‘entrega urgente’ para clientes que pedem tudo na última hora.

Dica #5: “Não fique bom naquilo que você não quer continuar fazendo.” Autor Desconhecido

Dica #6:Trate todo job como sua obra prima.

#coachingcriativos #freelancer #freela

 

Sobre o Leo

Leo Rapini é comunicólogo especialista em comportamento humano e storytelling. Leo é Bacharel em Comunicação Social com ênfase em Rádio, TV e Multimidia pela Universidade Tuiuti do Paraná e tem mais de 8 anos de experiência na produção de conteúdo audiovisual. Leo também é Master Coach formado pelo Center for Advanced Coaching (EUA) e atualmente investe seus dias e madrugadas fazendo coaching com criativos, contando histórias no MARCAPASSO e facilitando as reuniões do Estilingue.me, um coletivo de artistas, sonhadores e inconformados.

Contato

Coaching Criativos

http://coachingcriativos.com.br/

Fone: (11) 9 8438-3419
E-mail: leo@coachingcriativos.com.br

Twitter: twitter.com/leotody
Facebook: facebook.com/CoachingCriativos
LinkedIn: linkedin.com/in/leorapini

 

20 coisas que deveríamos dizer mais vezes

Posted on abr 7, 2014

 

O projeto Kid President surgiu com Brad Montague, simplesmente por acreditar que crianças tem uma voz que vale a pena serem ouvidas. “Estamos fazendo isso porque acreditamos que as crianças podem mudar o mundo. Acreditamos também que os adultos podem mudar o mundo, só precisamos trabalhar todos juntos.”

Nesse vídeo das 20 coisas que deveríamos falar mais vezes, o garotinho Robby de 10 anos nos lembra de como faz diferença as pequenas palavras e frases do nosso cotidiano.

 

Screen Shot 2014-04-07 at 6.52.27 AM

Screen Shot 2014-04-07 at 6.51.33 AM

 

Via: http://www.kidpresident.com/