Toró de ideias

Posted on jul 1, 2015

Sua cabeça é um turbilhão de boas ideias em potencial, mas você não consegue formatá-las e expressá-las de forma clara e tangível? Você sente necessidade de melhorar ou expandir contextos e conceitos já existentes, na sua empresa, nos seus projetos, na sua vida? Não está nada satisfeito com esses velhos contextos e busca ideias capazes de gerar novas alternativas?

hub
Se você respondeu sim para alguma dessas perguntas, nós temos uma boa notícia: o Impact Hub, que a gente adora e já citou várias vezes por aqui, vai oferecer um curso de brainstorm e ideação que apresentará técnicas para te ajudar a acelerar e otimizar processos criativos.

Quando? 9 e 10 de Julho, das 19h às 22h
Onde? Impact Hub Beagá – Rua dos Aimorés, 487 – Funcionários

Uma proposta bem interessante e diferente, não é? Vamos participar? 

Mais informações e inscrições: http://belohorizonte.impacthub.net/event/toro-de-ideias/

 

O sentido da vida

Posted on jun 29, 2015

Se a gente te perguntasse agora: “Qual o sentido da vida?”, você saberia responder?

Durante uma palestra em Boston, o astrofísico Neil deGrasse Tyson foi pego de surpresa quando um garotinho de apenas 6 anos, que estava na plateia, lhe fez essa mesma pergunta.

E a resposta de Tyson foi sensacional. Veja no vídeo:

Adeus, talentos

Posted on jun 24, 2015

Encontramos esse texto no site do Linkedin e ele traz, de forma muito verdadeira, um assunto que costuma deixar muitas pessoas intrigadas: “Por que as empresas perdem seus talentos?” “Por que a motivação some repentinamente favorecendo o não atingimento de metas e ganhos de mercado?” Segundo o CEO Ricardo Abiz os motivos são vários, veja só:

Captura de tela 2015-06-24 às 15.09.32

 

1 – Colaboradores felizes ajudam as empresas a prosperar.

Ninguém é feliz somente por estar em algum lugar, pessoas felizes fazem parte de algo, sentem-se de fato úteis e colaborando, não apenas seguindo ordens, mas contribuindo de forma proativa, sendo ouvidas, compartilhando conhecimento e principalmente entendendo claramente o que estão fazendo e para onde estão indo. Negligencie esta equação simples e lá se foi mais um talento da empresa.

2 - Afinal qual o meu papel nesta empresa e onde posso dar meu melhor?

Muitos gestores não dedicam o tempo necessário para montar o Job description de suas áreas, muito menos no momento que recorrem ao RH, empresas de recrutamento e seleção ou headhunters para vagas mais seniors. Definir o Core Business da área que atua é fugir da armadilha de ficar enrolado numa montanha de projetos que muitas vezes não deveriam nem ter começado.

É muito comum um colaborador, novo ou não, esbarrar em tarefas ou atividades que nada tem a ver com o Job description que os atraiu, muito menos com a entrevista que participaram. Para ampliar o quadro para pior, equipes constituídas e em pleno vôo se deparam com informações e diretivas contraditórias tirando muitas vezes o chão de quem estava performando, pronto para dar o melhor de si na finalização e consolidação de seus projetos.

Tenho acompanhado grupos de profissionais que voltam para casa todos os dias se perguntando de o porquê estarem envolvidos em determinados projetos e o quanto contraditório tem sido a atuação de suas áreas entre o que se fala e o que se pratica.

Vejo profissionais mergulhados em infinitas reuniões, uma após a outra onde em mais de 70% dos casos, tecem comentários do tipo: “Que perda de tempo, reunião chata e sem propósito, finalmente vou sentar na minha mesa para fazer o que precisa ser feito, passo a maior parte de meu tempo útil de trabalho montando apresentações para falar a mesma coisa ou justificar o que já se sabe…” Estas e outras questões permeiam o pensamento dos colaboradores 24 horas, 7 dias por semana.

3- Autoritarismo e arrogância são mais comuns do que se imagina.

A correria do dia a dia, distrações, pressões por resultados, questões pessoais, falta de preparo profissional, medo, ego, a lista é enorme. Estas e outras, são as principais razões de tanto autoritarismo e arrogância dentro das empresas e de todas elas eu diria que o ego é o principal aniquilador de talentos. É incrível como muitos profissionais tem a síndrome do Bozó (personagem de Chico Anísio), muitos, da noite para o dia mudam de forma drástica. Antes colegas leais e participativos, agora acreditam que devem assumir uma nova postura, mais parece que ascenderam para uma casta nobre perdendo a chance de se tornarem ótimos colegas e talvez grandes líderes.

Outro grupo bem conhecido são os experts. Conhecidos como dominantes de suas próprias verdades, alguns chegam ao extremo quando diante de uma equipe com mais de duzentos colaboradores proclama seu conhecimento como soberano. Estes, acabam esquecendo que dois pensam melhor que um, três melhor que dois e assim por diante. Toda essa expertise vai ralo abaixo logo que percebe, que já que ele sabe tanto, 100 de sua equipe andam em marcha lenta, outros 50 ainda não entenderam nada e os outros 50 literalmente estão de braços cruzados esperando o circo pegar fogo. Autoritarismo e arrogância são um espelho que só reflete a autoimagem de quem vê somente a si próprio, sem perceber que ao quebrar o espelho é somente sua autoimagem que se desfaz e lá se foi mais um chefe insuportável e muitos talentos no meio do caminho.

4- Feedback do medo

Simples assim, você deve viver isso na pele, basta falar em feedback e todos começam a tremer, ainda mais quando vem recheado de uma técnica de feedback que inicia elogiando e começa de verdade com MAS… Não é nada raro no ser humano enfatizar o erro ao invés de valorizar os acertos. Feedback deveria ser diário e de preferência positivo pois ninguém gosta de ser o patinho feio, as pessoas gostam de se espelhar em vencedores, não em perdedores. Feedback mal feito é como uma praga, só dissemina o terror.

5- Quem aponta erros é punido ou banido

Como Vincente Falconi aponta, a política de enfrentamento pode ser mais positiva que parece. Quem aponta os erros é punido, quem fica na zona de conforto é premiado. Tudo errado, uma equipe forte é exatamente uma equipe de autocrítica, claro quando bem dosada, muitos tem a síndrome da Hiena do desenho da Hanna Barbera “Oh vida Oh dor” Uma vez nesse círculo só reclamam e nada constroem.

6- Aniquiladores da criatividade

Não muito raro aparece aquele funcionário com uma ideia que imediatamente é rebatida, aquele funcionário ou equipe que apresenta um projeto de produto que utiliza a captura de imagens por exemplo de forma digital e a empresa sentada em cima de sua história rebate: Isso canibaliza nosso negócio”. Parece brincadeira mas foi o que aconteceu na Kodak. A câmera digital foi criada dentro da Kodak e hoje a empresa se resumiu praticamente a pó.

7- 10, 15, 20 anos de empresa e uma medalhinha

Vejo muitas, mas muitas empresas laureando seus colaboradores. Uma festa, um diploma, uma medalhinha de ouro. Foram anos de dedicação e resultados, nada mais justo que fazer uma média de pontuação de desempenho em todos esses anos e dar uma engordadinha no bônus para que o colaborador possa levar a família para gozar umas boas férias ou comprar algo que deseja a muito tempo.Medalhinha é nada mais que dizer: “Obrigado você não fez nada além de sua obrigação!”

Afinal reter talentos para quê?

Porque é o capital humano da empresa, são nossos melhores colaboradores, nosso capital intelectual. É verdade, mas talvez ao invés de reter talentos simplesmente as empresas eliminassem de vez com o que já é sabido de todos. Nada do que foi dito acima é novidade, faz parte do dia a dia dos profissionais e das empresas.

Que tal disseminar uma cultura realmente onde a meritocracia seja aplicada, onde favoritismos sejam eliminados, onde profissionais qualificados sejam reconhecidos, onde a missão e valores da empresa de fato estejam presentes e não simplesmente nos cartazes nas paredes da empresa. Onde os funcionários desempenhem suas funções conscientes de que eles precisam, e muito fazer sua parte, de que não é papel apenas da empresa criar os meios e fazê-los manter mas sim de todos os envolvidos, acionistas, gestores e colaboradores.

Ninguém abandona terreno fértil e próspero, agradável e enriquecedor, ninguém abandona a empresa dos sonhos. Precisamos acordar para o fato de que estamos olhando na direção errada, criando plano após plano para reter pessoas quando na verdade devemos atacar as causas e não os sintomas que nos fazem perder talentos todos os dias.

Mantenha seus sonhos vivos

Posted on jun 23, 2015

Se a gente te perguntasse hoje quais são os seus sonhos, provavelmente, você saberia responder, não é? Mas se a pergunta fosse: “O que você tem feito para conseguir realizar os seus sonhos?”, você saberia a resposta?

 

Não conhecemos ninguém que vive sem sonhar, sem ter planos e objetivos. O problema é que nem todo mundo sabe como trilhar o caminho em direção à realização dos seus desejos e, muitas vezes, acaba comento erros que podem jogar tudo por água abaixo.

 

Esse vídeo da Bel Pesce, uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil, traz 5 coisas que você não deve fazer para não matar os seus sonhos. Muito interessante e verdadeiro.

 

Sorria. Hoje é segunda-feira!

Posted on jun 22, 2015

Temos que confessar que sentimos um pouco de dó da segunda-feira, coitada. Foi rotulada como o pior dia da semana por muitas pessoas que, na maioria das vezes, não gostam do que fazem. Porque, como sempre dizemos por aqui, quando você ama o seu trabalho, todos os dias são iguais.

Pensando nisso, o Studio 360, programa de rádio dos Estados Unidos, e a empresa de desing IDEO se uniram para tentar mudar essa imagem ruim da segunda-feira.

E o resultado são três invenções super fofas e criativas.

Lolzzz

Quando esse despertador toca, começa uma risadinha que já te faz sorrir logo no primeiro minuto do dia. E você ainda pode fazer ele rir mais alto, fazendo cócegas no relógio. A cada semana, uma nova risada, que dá para você baixar aqui e usar como alarme no seu telefone.

Screen Shot 2015-06-19 at 4.17.07 PM

Sincerely

Passar do fim da semana para o começo dela nem sempre é fácil. Por isso, esse app ajuda você a começar a segunda-feira de um jeito diferente. No domingo, você é lembrado de gravar uma mensagem de gratidão para receber a resposta no dia seguinte. Segundo eles, pesquisas comprovam que o calor no coração que a gente sente ao expressar gratidão é muito verdadeiro.
Screen Shot 2015-06-19 at 4.18.21 PM

PopUp e Notifly

Um calendário e um sistema de notificação pro desktop que mostra um dia de cada vez. O objetivo é fazer com que você se lembre de pequenas oportunidades de ser feliz, que passam despercebidas.

Screen Shot 2015-06-19 at 4.22.05 PM

Ficar recebendo sinais sonoros que te lembram dos seus compromissos pode ser bem chatinho às vezes. Então, o calendário digital também vem com o Notifly, um objeto super fofo que substitui esses alarmes. Quando você tem uma reunião, por exemplo, ele sopra uma bolha para te lembrar, despertando uma sensação boa.

Screen Shot 2015-06-19 at 4.49.34 PM

Gostou? Se quiser,  você pode ouvir o podcast do Estúdio 360 que explica como tudo aconteceu. Ah, e uma ótima segunda-feira pra você.

Pés calçados

Posted on mai 11, 2015

Nós somos fãs de invenções que transformam a vida de milhares de pessoas. Por isso, ficamos encantadas com o The Shoe That Grows (O sapato que cresce), um calçado que pode crescer 5 tamanhos e durar 5 anos. Desenvolvidos por Kenton Lee, esses sapatos estão permitindo que crianças carentes cresçam sem ter que ficar com os pés descalços. Segundo a empresa, “Há mais de 300 milhões de crianças que não têm sapatos. E incontáveis mais com sapatos que não cabem.”

adjustable-sandal-poor-children-the-shoe-that-grows-kenton-lee-1

“As crianças sem sapatos são suscetíveis a lesões e parasitas que infectam os seres humanos através dos nossos pés. O problema com as doações de sapatos comuns é que eles se perdem facilmente, pois a criança cresce muito rápido, e esse é exatamente o problema que esses novos sapatos corrigem.”

Captura de tela 2015-05-11 às 11.21.46

E você também pode ajudar, se puder. Você pode comprar um par pelo site ou optar por pacotes que permitem que os compradores possam enviar sapatos em massa para os países que mais necessitam deles. Esses vídeos (não tem legenda, mas dá para entender) falam mais sobre essa criação incrível:

Segundo domingo de maio

Posted on mai 10, 2015

Texto mais lindo do mundo, da Cris Guerra, sobre esse dia tão especial. Parabéns à todas as mamães!

Você pensa que tem um coração? Não se engane, ele não é seu, é dela. Quando você deu os seus primeiros passos sozinho, o coração dela foi junto. Por onde você for, ele vai. Sorrir. Sofrer. Cair. Levantar. Doer. Você erra, acerta, se perde e se encontra e aquele coração lá, vivo, maltratado por tanta adrenalina.

Não pense você que ela ficou sem coração: nasceu outro rapidinho. É que ela ama muito e sem medo – ama você mais que a si mesma, acredite. Já na gravidez aprendeu a fazer mais por ela, só porque não era mais ela, não era mais uma só ela.

E porque ama, chora. De tristeza, esperança, medo, alegria, culpa, orgulho. Chora até em comercial de TV. Chora pelo que você chora ou pelo que você ri. E vai ser sempre assim. Do seu trabalho para a feira de ciências até a conclusão da sua tese de doutorado.

Mas quando chega a chuva, ela para. Enxuga o que chove por dentro e vira capa, guarda-chuva, marquise, castelo. Para acolher você com a força de um mundo.
É que você trouxe o sol. Com a sua vinda ela nasceu de novo. Olhou mais uma vez para tudo em volta e viu mais colorido.

Desde quando seus cinco dedinhos se agarraram ao indicador dela, começava uma aventura assustadora. Sim, ela tem medo – é que ela ela nunca te contou. Deu um jeito de ser grande e forte pra espantar qualquer fantasma, até mesmo os dela, pra não assustar você com seu próprio medo. Veste uma armadura de não-sei-o-quê, engole o tremor e aperta você junto ao corpo, como se quisesse voltar a colocar você de novo dentro dela. Mas não dá. O amor que ela sente não cabe mais nela, ela é que passou a morar nele.

Ela vive dando beijinho pra sarar. E o beijo não sara nada, só aquece. Vai ver o beijo dela é a sua própria cura. Beija para o coração sarar rapidinho dessa dor de amar tanto.

Quando você está longe e seu coração sente, seja dor ou amor, ela sente junto. Porque é o coração dela em você. Seu maior e melhor presente.

Stop!

Posted on mai 7, 2015

Sucesso significa algo diferente para cada pessoa: como a beleza, ela existe nos olhos de quem vê. É sua responsabilidade determinar o que sucesso significa para você, e como você fará para atrair sucesso reprodutivo em sua vida.

Apesar disso, há muitos obstáculos para o sucesso. Mas não se preocupe, porque se você busca sucesso, mas tem medo de que suas ações estejam bloqueando o esse desejo, você tem o poder e controle para superar os seguintes obstáculos:

 

1. Inventar desculpas

Pare de culpar outras pessoas porque você não consegue o que quer. Pare de se recusar a aceitar a responsabilidade por seus erros. Você faz suas próprias escolhas e comete seus próprios erros.De uma forma geral, pare de justificar suas escolhas pobres e pare de atribuir à sua falta de sucesso, coisas fora do seu controle. Pessoas de sucesso não fazem isso.

Você vai errar. Você vai falhar. Quando isso ocorrer olhe para dentro, sem julgamentos, e descubra o que pode melhorar da próxima vez. Não perca tempo procurando externamente, criando desculpas pelo fato de você não alcançar o sucesso.

2. Manter o foco em coisas negativas

Sim, há circunstâncias negativas na vida sobre as quais você não tem nenhum controle. Há também uma série de experiências positivas em sua vida. Estou disposto a apostar que você tem mais pontos positivos do que negativos em sua vida. Você é capaz de viver com uma perspectiva positiva. Se você quiser cultivar o sucesso em sua vida, você precisa se concentrar em tudo o que é bom. Você não deve ignorar o negativo, apenas não dar muita atenção e importância. Caso contrário, você nunca vai estar satisfeito, porque estará focado apenas em condições desfavoráveis ​​de sua vida. Mesmo que você chegue a um nível de sucesso ostensivo, se continuar focando apenas no negativo, não conseguirá desfrutar suas realizações.

3. Temer o fracasso

Como já dito anteriormente, você vai falhar! Não há nenhuma razão para temer. Ao invés disso, aprenda com seu fracasso, e melhore a partir dele.

Quando você é bem sucedido, você sabe que sempre faz o seu melhor. Suas falhas não são um reflexo de você como pessoa. Você não é um indivíduo falho. Veja o fracasso como uma oportunidade de crescer, e não como algo a ser temido.

4. Procurar a solução mais fácil

O sucesso não tem que ser um objetivo improvável no qual você tem que superar certa quantidade de adversidades e dificuldades. Acredito que as pessoas de sucesso não procuram o caminho mais fácil da vida.

Simplesmente passear pela vida no controle de tudo não é o caminho para o sucesso. Você precisa desafiar a si mesmo, às vezes. Empurre-se e aumente seus limites. Desafie-se a atingir o seu potencial máximo, e, em seguida, vá além disso.

5. Machucar-se

Você nunca iria bater-se fisicamente, então por que bater-se emocionalmente e mentalmente? Aprender a lidar habilmente com seus pensamentos e emoções quando está enfrentando situações adversas é fundamental para ser bem sucedido.

Ficar chateado com certas coisas. Expresse suas emoções de forma adequada. Seja infeliz de vez em quando. Isso irá acontecer. Mas não rumine sobre memórias desagradáveis ​​e não se torture por coisas que já aconteceram. Gastar muito tempo e energia com isso, desvia sua atenção de empreendimentos mais importantes, como progredir em direção a seus objetivos.

6. Ser ingrato

A melhor maneira de estabelecer uma maior satisfação em sua vida é sendo mais grato. Se você quer empurrar a felicidade e alegria para longe de sua vida, seja ingrato. Gratidão gera felicidade, mas também gera sucesso. Se você é grato por sua vida e tudo o que a inclui, você terá menos dificuldade para alcançar a riqueza e realizar seus objetivos.

Eu não me refiro apenas à riqueza financeira, porque riqueza inclui todos os tipos de objetos de valor. Não estou dizendo que todas as pessoas financeiramente abastadas são gratas, e, portanto, bem-sucedidas, ou que todas as pessoas financeiramente pobres são ingratas, e, portanto, sem êxito.

Se você almeja sucesso, observe todas as coisas pelas quais você é grato. Sua gratidão vai servir como uma bússola para sua vida. Ela vai orientar suas tomadas de decisões, e levá-lo ao sucesso.

 7. Se concentrar apenas em suas necessidades

Se concentrar apenas em si mesmo não vai ajudá-lo a alcançar o sucesso. Você pode ser a pessoa mais rica e bem-sucedida do planeta, mas se você acumulou sua riqueza se aproveitando de outras pessoas, ou sendo egoísta, você não é bem-sucedida de verdade. A melhor maneira de ter sucesso na vida é ajudar alguém!

8. Se distrair

Você estava começando a ler o livro, mas … Você estava aperfeiçoando sua ideia para o negócio dos seus sonhos, mas … Você ia viajar pela Ásia, mas …

Entendi. A vida leva você a um curso diferente. Isso acontece às vezes. Mas não permita se distrair de realizar seus sonhos. Quando distrações te distanciam de suas paixões, você está se movendo cada vez mais longe de seu sucesso.

Isso começa com a sua vida diária. É divertido e muitas vezes necessário entrar no Facebook e verificar e-mails, mas não permita que a era tecnológica moderna te impeça de fazer o trabalho que precisa ser concluído hoje. O sucesso é baseado no trabalho em direção a seus objetivos, não deixando que interrupções o impeçam.

9. Vagar pela vida

É de sua responsabilidade verificar suas metas e objetivos de vida. Ser bem sucedido significa que você está cumprindo seu propósito de vida a cada dia.

Se o seu objetivo é super ambicioso, como resolver a fome no mundo, ou mais viável, como ser feliz, não importa. O ponto é que você está apontando para ser o melhor que pode ser. Vagar pela vida sem qualquer ambição ou sem contribuir em nada para a sociedade não é o que pessoas de sucesso fazem.

10. Desistir

Quando você enfrenta um obstáculo improvável na vida, como você responde a ele? Você desiste, ou continua pressionando? As pessoas de sucesso não desistem. Elas se comprometem a atingir seu destino final. Elas podem nunca chegar lá, mas não permitem que os obstáculos às impeçam de tentar. Isso significa continuar apesar dos fracassos e decepções.

Sucesso engloba uma série de diferentes áreas. O que funciona para o sucesso financeiro pode funcionar em sucesso de relacionamento. Ser bem sucedido como um atleta não necessariamente torna-o bem sucedido como um aluno. Existem diferentes graus de sucesso, dependendo da situação em que você está.

Independentemente disso, a regra fundamental do sucesso é tentar o seu melhor. Se você buscar atingir seus objetivos sem prejudicar outros no processo, você é uma pessoa de sucesso. Isso pode se aplicar ao trabalho, família, amigos, relacionamentos, hobbies, etc.

 

Fonte: http://thesecret.tv.br/